quarta-feira, 22 de março de 2017

NIVER DE 40 ANOS DO GRUPO ESPÍRITA FRATERNIDADE

Hoje o Grupo Espírita Fraternidade completou mais um ano de vida. Nesses 40 anos foram inúmeros trabalhos realizados e muitos pessoas atendidas. 


Todos os anos esta data sempre é lembrada de forma especial. Este ano um minuto de silêncio foi feito com intenção dos presentes vibrarem para que a casa possa se manter ativa por pelo menos mais 40 anos.

Ao final foi entregue uma lembrancinha para cada assistido e trabalhador que frequenta o Grupo Espírita Fraternidade. Obrigada André Moraes e Renata Moraes.

sexta-feira, 10 de março de 2017

188: Grande parceria em favor da vida





Voluntários do CVV com o Ministro da Saúde Ricardo Barros e o Deputado Estadual Vitor Lippi / Foto: Rodrigo Nunes-Ministério da Saúde

Aos 55 anos, muitos já estão pensando em se aposentar, ter uma vida mais tranquila, aproveitar os frutos do que semeou neste período. O CVV completou este tempo de existência no dia 1º de março. Somos da época que mal se falava de trabalho voluntário. Eram poucas as entidades, ONGs e associações existentes no país. Pioneiros na prevenção de suicídio no Brasil e a única entidade que presta este serviço de forma gratuita e voluntária, sem vínculos com política, religião e filosofias existentes, sobrevivemos e nos mantemos até hoje por esforços dos nossos 2.000 voluntários.

Há 55 anos, ter um telefone era um luxo para poucos, mas nos já oferecíamos atendimento por telefone, pessoalmente e carta, meios disponíveis na época. Atualmente, além do telefone, que é nosso principal meio de contato, seja o fixo ou o celular, ampliamos nossa forma de atender, oferecendo os apoios pela internet (www.cvv.org.br). Sempre estivemos preocupados em oferecer nosso serviço - a oportunidade conversar e de ser ouvido - para todos, pois sabemos que não há dia, hora, condição cultural, social e financeira que faça com que a vontade de não querer mais viver apareça para um de nós.

Lutávamos há anos para conseguir atender mais pessoas, sem qualquer tipo de custo, mesmo o da ligação telefônica. Hoje, 10 de março de 2017, é um dia histórico para o CVV e para a sociedade brasileira. Finalmente teremos um serviço telefônico gratuito de urgência e emergência voltado para a prevenção do suicídio, com o número 188. O termo de cooperação técnica que assinamos com o Ministério da Saúde nesta data possibilita que trabalhemos numa grande rede onde todas as cidades do Brasil poderão contar com o CVV e seus voluntários (veja aqui a publicação no Diário Oficial da União).

Já estamos operando e atendendo em período de testes no Estado do Rio Grande do Sul desde 2015, mas sempre quisemos aumentar esta rede. A assinatura do convênio permitirá que, gradativamente, façamos ela se expandir e todos os estados brasileiros serem alcançados. Nos próximos meses, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Piauí e Mato Grosso do Sul devem receber o serviço. Mas a previsão é que até 2020 todos as ligações, de qualquer parte do país, por celular ou telefone fixo, sejam totalmente gratuitas pelo número 188.

Nosso aniversário veio com um super presente, que buscávamos faz muito tempo! Estamos colhendo os frutos do que semeamos neste 55 anos, com toda a garra e experiência adquirida para continuar nossa missão: valorizar a vida, prevenir o suicídio e ter uma sociedade mais fraterna.

Eixo Comunicação

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Medium relaciona transição planetária com recentes catástrofes naturais, guerras e conturbação política e social



Fonte: Olhar Direito
Da Redação - Naiara Leonor
Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto
Medium relaciona transição planetária com recentes catástrofes naturais, guerras e conturbação política e social
Guerras no Oriente Médio, conflitos políticos, corrupção e até catástrofes naturais. Segundo o médium Alaor Borges, tudo está relacionado com o período de transição planetária que a Terra se encontra. A afirmação tem por base os ensinamentos da doutrina espírita, religião professada por 3,8 milhões de brasileiros em 2010, de acordo com dados do IBGE. Em Cuiabá mais uma vez para realizar sessões de psicografia em três centros espíritas da região, o médium Alaor Borges concedeu entrevista ao Olhar Conceito na última quarta-feira (15).

Leia mais:Médium Alaor Borges começa sessões de psicografia nesta quarta-feira em Cuiabá
“Essa renovação já está acontecendo e é evidente que, juntamente com esse período de renovação, aconteçam certos fenômenos geológicos, como temos visto, os desencarnes coletivos, colaborando para que se viabilize esse processo da transição planetária”, diz o médium.

Para a reportagem, Alaor Borges diz que dentre as escalas dos mundos, tema abordado pela doutrina espírita, a Terra se encaixa como planeta de “Provas e Expiações”, segunda categoria de uma escala de cinco: primitivos, prova e expiação, regeneração, felizes e celestes ou divinos.

“Segundo os espíritos nos informam em várias obras, o nosso planeta é mesmo de provas e expiações, onde preponderam os desvios morais, por exemplo, a violência, a corrupção e uma série de problemas relacionados ao comportamento humano”.

Ao comentar sobre os conflitos políticos e casos de corrupção, Alaor relembra uma citação do Evangelho Segundo Espiritismo de Allan Kardeck como um aviso. “Nós nos lembramos que Jesus chegou a dizer que o escândalo era necessário, mas ai daquele por quem o escândalo vinha. Às vezes nós devemos chegar ao final do poço para de repente ter uma retomada, novas atitudes e existir uma mudança social mais notória”.

Trecho original, retirado do Evangelho Segundo Espiritismo de Allan Kardeck:

“Ai do mundo, por causa dos escândalos. Porque é necessário que sucedam escândalos, mas ai daquele homem por quem vem o escândalo. Ora, se a tua mão, ou o teu pé, te escandaliza, corta-o e lança-o fora de ti. Melhor te é entrar na vida manco ou aleijado, do que, tendo duas mãos ou dois pés, ser lançado no fogo do inferno.” 

O médium acredita que após essa transição planetária que está em “vias de operação”, haverá uma “promoção espiritual”. “É um período em que vão acontecer varias coisas, mas o maior acontecimento deve ser do ponto de vista do interior de cada pessoa. No futuro ele [planeta Terra] será um planeta de regeneração, onde com certeza haverá dias bem melhores para a humanidade futura aqui na terra”, diz Alaor.